Doação de Sangue – Um ato de Amor

Doação de sangue. Devido a pandemia do novo Coronavírus e a necessidade de isolamento social, os bancos de sangue estão com dificuldades em manter seus estoques e, mesmo com as cirurgias eletivas (com agendamento) canceladas, há ainda um número expressivo de pessoas que dependem de doações.

Para doar, basta procurar os principais bancos de sangue como o HEMEPAR, que é responsável pela coleta, armazenamento, processamento, transfusão e distribuição de sangue para 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos que atuam em todo estado do Paraná, ou algum outro banco de sangue do seu município.

Há alguns critérios que permitem ou impedem a doação e serve para segurança tanto do doador quanto de quem vai receber o sangue, portanto é só seguir as orientações:

  • Estar em boas condições gerais de saúde;
  • Não estar em jejum;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos. A primeira doação deve ter sido feita até os 60 anos de idade. Menores de 18 anos precisam preencher um formulário de autorização (disponível no site dos bancos de sangue);
  • Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas
  • Evitar alimentos gordurosos, no mínimo, três horas antes da doação e aguardar uma hora de intervalo após o almoço;
  • Estar hidratado;
  • Portar documento oficial de identificação com foto (RG, Carteira de habilitação, Passaporte, Carteira de identidade profissional ou Carteira de Trabalho);
  • Ter estilo de vida e não ter comportamento de risco;
  • Respeitar o intervalo mínimo entre as doações –
  • Intervalo das doações:
  • Homens:02 meses (04 doações anuais)
  • Mulheres:03 meses (03 doações anuais);

Há alguns impedimentos, divididos em definitivos e temporários, para a doação, como:

IMPEDIMENTOS DEFINITIVOS

  •  Alcoolismo crônico; Câncer; Diabetes tipo I, diabetes tipo II, insulino dependente ou com problemas vasculares; Doenças Cardíacas graves e após cirurgias cardíacas de grande porte; Hepatite após os 11 anos de idade; Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II, Doença de Chagas e Sífilis; Uso de drogas ilícitas injetáveis; Malária (febre quartã – Plasmodium malarie);Transplante de órgãos.

IMPEDIMENTOS TEMPORÁRIOS

  • Resfriados e gripes: se febre, aguardar 15 dias após melhora dos sintomas e na ausência de febre apto após 07 dias;
  • Alergias: apto 07 dias após o fim do tratamento;
  • Diarréia: apto 07 dias após melhora dos sintomas;
  •  Gravidez;
  •  Amamentação (se o parto ocorreu a menos de 12 meses);
  •  90 dias após o parto normal e 180 dias após parto cesariano;
  •  Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
  • Tatuagem nos últimos 06 meses;
  •  Piercing em cavidade oral e/ou genital impedem a doação por 12 meses após sua retirada;
  • IST’s (Infecções sexualmente transmissíveis): apto 12 meses após a cura;
  • Quem esteve em regiões endêmicas de Malária, aguardar 12 meses;
  •  Uso de drogas*;
  •  Cirurgias*;
  •  Vacinas*;
  •  Hipertensão*;
  •  Medicamentos*;
  •  Procedimentos odontológicos*;
  •  Outras doenças*.

Doar é um ato de amor, solidariedade e respeito ao próximo, compartilhe essa ideia.

“Quando trabalhamos coletivamente em prol de um objetivo, conquistamos o impossível”.

Contato: HEMEPAR

Telefone: 0800 645 4555

E-mail: rchemepar@sesa.pr.gov.br

Meu Sesc

Agora digite sua senha

Recuperar senha
Insira abaixo o seu login cadastrado ou o n˚ do seu Cartão Cliente Sesc e receba instruções e o link para criar uma nova senha.