Incêndios em período de estiagem severa

Dados do Corpo de Bombeiros relatam que os incêndios ambientais cresceram 67% no último trimestre no Paraná.  O número quase dobrou em relação ao mesmo período de 2019. Somente em julho, 778 focos foram registrados, e Segundo o Comandante Geral dos Bombeiros a grande maioria é causada por ação humana.

Os incêndios são mais corriqueiros em tempos de estiagem, devida à situação que se encontra as matas e o solo. Além de destruir a fauna e a flora, as queimadas ambientais também são prejudicais em outros pontos. A diminuição severa dos níveis de chuva associadas às queimadas reduzem drasticamente a qualidade do ar, colocando em risco a saúde da população. Também é responsável pelo aumento do chamado material particulado, que aumenta a poluição atmosférica, impactando também na saúde da população e do planeta.

É importante lembrar que o principal insumo utilizado pelo corpo de bombeiros para a contenção dos incêndios é a água. Em períodos de crise hídrica isso acaba se agravando e intensificando o ciclo.

Ações de conscientização da população estão sendo realizadas em todo o estado para minimizar esse quadro.

Meu Sesc

Agora digite sua senha

Recuperar senha
Insira abaixo o seu login cadastrado ou o n˚ do seu Cartão Cliente Sesc e receba instruções e o link para criar uma nova senha.