Literatura, tradução e afeto

Bate-papo com Rita Kohl, mediado por Emanuela Siqueira

29/09, das 16:00 às 17:00
Classificação: Livre

Neste encontro com a tradutora Rita Kohl será abordado o sentimento de afeto que a literatura promove, bem como a empatia do escritor que, ao escrever, se coloca no lugar do outro. Afinal, a literatura é refúgio e as palavras são fonte inesgotável de encanto e cura. É para ela que recorremos, seja para escapar da realidade como também em busca de energia e ideias.

- Rita Kohl é tradutora, intérprete e pesquisadora na área de tradução e literatura japonesa. Formou-se em Letras Japonês/Português pela USP, com mestrado pelo departamento de Comparative Literature and Culture da Universidade de Tóquio. Traduziu para o português romances e contos de autores como Haruki Murakami, Sayaka Murata e Yoko Ogawa.

- Emanuela Siqueira é doutoranda em estudos literários na UFPR, traduz e pesquisa nos estudos feministas de tradução. Escreve sobre literatura e cinema produzidos por mulheres, pensando nas articulações e diálogos entre tradução e crítica. É mediadora e curadora do Leia Mulheres de Curitiba desde 2015 e faz parte do coletivo de tradução Pontes Outras.

Transmissão pelo site do evento.