Justiça no Bairro Sesc Cidadão celebra união civil de 1.700 casais na Arena da Baixada

casamento-coletivo-foto-bruno-tadashi-18

Pela terceira vez, o Estádio Joaquim Américo Guimarães (Arena da Baixada) sediou o casamento coletivo do programa Justiça no Bairro Sesc Cidadão. A iniciativa realizada em parceria entre o Poder Judiciário e o Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, integrou o Clube Atlético Paranaense e a Prefeitura de Curitiba para celebrar a união civil de aproximadamente 1.700 casais de Curitiba e 13 municípios da Região Metropolitana.

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, Darci Piana, reforçou na ocasião os grandes números obtidos pelo programa ao longo dos anos. “Isso só está sendo possível graças a parceria entre o Sistema Fecomércio Sesc Senac PR e o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná. Juntos já realizamos mais de dois milhões de atendimentos pelo estado”, reforçou.

A desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR), Joeci Machado Camargo – coordenadora do projeto Justiça no Bairro, presidiu a cerimônia, que foi acompanhada por aproximadamente 20 mil pessoas, entre noivos, convidados, autoridades e imprensa. “O Sistema Fecomércio Paraná junto com este programa ajuda a construir e a realizar sonhos”, comentou a desembargadora ao saudar também os 325 anos de Curitiba, que serão celebrados no dia 29 de março, e o aniversário de 94 anos do Clube Atlético Paranaense.

O presidente do Tribunal de Justi- ça do Estado do Paraná, Desembargador Renato Braga Bettega, também prestigiou a cerimônia. “São mais de 25 mil casamentos já celebrados por esse sonho coletivo que é este programa”, comentou.

Também acompanharam o casamento coletivo a secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social do Paraná, Fernanda Richa – representando o governador, Beto Richa; o presidente do Conselho Administrativo do Clube Atlético Paranaense, Luiz Sallim Emed; a assessora de Direitos Humanos e coordenadora de Políticas para Mulheres da Prefeitura de Curitiba, Terezinha Beraldo Pereira Ramos – representando o prefeito Rafael Greca; a desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), Rosemarie Diedrichs Pimpão; a procuradora de Justiça, Jacqueline Batisti – representando o Ministério Público do Estado do Paraná; o  General Aléssio Oliveira da Silva, comandante da 5ª Região Militar do Exército Brasileiro; o diretor regional do Sesc PR, Emerson Sextos, entre outras autoridades. “Parabéns por esse trabalho de regularizar a situação de tantas famílias com esse matrimônio. Que Deus abençoe essa união e que perpetue a paz e o amor nessas famílias”, pontuou a secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social do Paraná, Fernanda Richa.

Ritual

As noivas foram as primeiras a chegar ao local. Por volta das 13h, instrutores e alunos do Senac se revezavam para atender o time de noivas, nos serviços de penteado e maquiagem. Por voltadas 16h, 45 Cartórios de Registro Civil da capital e mais 11 da RMC iniciaram a coleta de assinaturas dos casais habilitados de: Curitiba, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais. Os convidados tiveram acesso às arquibancadas às 17h. E às 18h15 a marcha nupcial orquestrava a entrada dos noivos.

A cerimônia civil seguida de benção ecumênica iniciou às 20h15, e foi musicada pela Banda da RPC, Banda de Música da Polícia Militar e por músicos voluntários. O casal Paula e Ederson Nascimento foi um dos que disseram sim durante a cerimônia na Arena. “Fazer o nosso casamento aqui é muito emocionante, porque é a oficialização do amor de muitos casais ao mesmo tempo”, enfatizou a noiva.

Histórico

A primeira edição do casamento foi realizada em dezembro de 2014 e selou a união de aproximadamente 800 casais. Em abril de 2016, esse nú- mero cresceu, e 1.300 casais oficializaram a união civil sob o olhar de quase 15 mil pessoas que acompanharam a cerimônia. Esta edição do evento recebeu o apoio da RPC, dos Cartórios de Registro Civil participantes, do Exército Brasileiro, da Polícia Militar e do Instituto Curitiba de Informática (ICI).